A+ A-

Pará de Minas e Região


Secretaria de Saúde abre investigação sobre a morte de um cachorro no CCZ

Capa

Tem repercutido na cidade o caso do cão que morreu depois de passar por uma cirurgia de castração no Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) em Pará de Minas. 

As denúncias foram divulgadas pelo vereador Ronnie Barbosa, ao ler o relato sobre o animal que teria morrido por causa de uma suposta superdosagem de anestésicos aplicada durante o procedimento de esterilização. 

Conforme o JM antecipou, a Secretaria de Saúde já teria iniciado um processo de analise do caso, inclusive fazendo contato com a proprietária do animal. 

Mas devido à repercussão do caso o secretário municipal de saúde, Wagner Magesty decidiu vir a público para confirmar que está preocupado com a situação. Ele conta que vem levantando todas as informações necessárias, para que haja uma investigação justa. 

Magesty aproveitou para lembrar às pessoas que desejarem fazer qualquer tipo de denuncia em relação ao CCZ ou sobre outro serviço público, que apresentem sempre relatos consistentes, que facilitem o trabalho de investigação e identificação dos responsáveis. 

O secretário também aproveitou para agradecer aos protetores de animais que têm trabalhado sempre de forma a colaborar com a melhoria dos serviços oferecidos pelo CCZ. 

Fotos: Amilton Maciel/Rádio Santa Cruz FM e Prefeitura de Pará de Minas