A+ A-

Pará de Minas e Região


Lixo ou esgoto? Concessionária lança campanha para reduzir desobstrução das redes

Capa

A Concessionária Águas de Pará de Minas acaba de lançar uma campanha de conscientização sobre o uso adequado da rede de esgoto.

Nas peças publicitárias a empresa pergunta: O que você tem jogado na rede coletora é lixo ou esgoto?

O questionamento, por si só, revela o objetivo da mobilização que, além de promover a conscientização dos clientes em todo o município, pretende reduzir o número de chamadas para desobstrução da rede de esgoto em Pará de Minas. 

O superintendente da Águas de Pará de Minas, Rodrigo Macool, conversou conosco. 

De forma didática, Rodrigo explicou a diferença entre o que seria lixo, a ser descartado junto à coleta de resíduos ou de recicláveis, e o que é considerado esgoto. 

O óleo de cozinha é mais um item que jamais deve ser descartado na pia da cozinha ou em qualquer outro ralo que leve à coleta de esgoto, porque o material acaba se solidificando, grudando a outros resíduos, causando também a obstrução da rede, sem falar nos efeitos nocivos ao meio ambiente. 

O superintendente disse que durante as ações de desobstrução já foram encontrados diversos objetos inusitados travando o fluxo do esgoto doméstico. Sacolas plásticas, acúmulo de fio dental, objetos plásticos e até uma galinha inteira foi retirada de dentro das tubulações. 

Rodrigo Macool faz um alerta à população informando que, além do transtorno causado pelo entupimento, o consumidor pode receber punições da esfera ambiental. 

Outro alerta importante é quanto aos Pontos de Ligação, também chamados de PL, que precisam estar acessíveis para ações de manutenção. Quem fala do assunto é o coordenador de serviços da Águas de Pará de Minas, Fernando Eduardo Júnior. 

Segundo a concessionária, o setor de manutenção tem realizado até 100 intervenções por mês, para desobstrução da rede coletora. Na grande maioria dos casos, o problema é causado pelos próprios moradores, ao fazer o descarte incorreto dos resíduos. 

Para saber mais sobre a campanha e entender melhor o que pode ou não ser lançado no esgoto doméstico, basta acessar o site grupoaguasdobrasil.com.br/aguas-parademinas e clicar na aba notícias. 

Fotos: Amilton Maciel/Rádio Santa Cruz FM e Águas de Pará de Minas/Divulgação

GALERIA DE FOTOS

Clique nas imagens para ampliá-las