A+ A-

Pará de Minas e Região


Caixa Federal ganha reforço da Secretaria de Assistência Social para diminuir as filas de atendimento

Capa

As filas em frente à agência da Caixa Federal de Pará de Minas continuam grandes, sobretudo após a liberação da nova rodada de pagamentos do auxílio emergencial. 

Também é grande o volume de reclamações sobre a demora no atendimento e as aglomerações que se formam no local, contrariando as medidas de prevenção ao coronavírus. 

Mas ontem a reportagem do JM foi chamada até lá para registrar o reforço no atendimento e na orientação das pessoas na fila. No local estavam duas servidoras públicas auxiliando os beneficiários.

Uma delas, Aline Beleza, falou conosco do trabalho que tem ajudado a reduzir o tempo de espera, através do repasse de informações importantes que ajudam a desfazer as aglomerações na porta do banco.

De acordo com Fernando Tiago Costa, da equipe da Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social, esse trabalho é fruto de uma parceria com a Caixa para orientação dos beneficiários do auxílio emergencial. 
Apesar da surpresa da população, a atuação já vinha acontecendo desde o ano passado, retornando agora com o reinício dos pagamentos. 

A equipe da Assistência Social atua na porta da Caixa nas segundas e sextas-feiras, dias pré-determinados pela gerência do banco, devido ao grande volume de clientes no início e no final da semana. Nas abordagens são repassadas informações sobre o auxílio emergencial, calendário de saques e transferências, além de orientações sobre o distanciamento social. 

A equipe se esforça para evitar aglomerações, além de fazer o pedido para que as pessoas usem a máscara. Também é disponibilizado álcool em gel para higienização das mãos dos clientes. Para esta ação foi montada uma equipe de 13 servidores  que se revezam no trabalho.

Outra função do grupo é fazer a condução dos cidadãos para o CRAS, que é o Centro de Referência em Assistência Social. E isso acontece todas as vezes que surgem demandas referentes aos serviços sociais oferecidos pelo município. 

Foto: Amilton Maciel/Rádio Santa Cruz FM