A+ A-

Mundo Esportivo


Mundo Esportivo - 19/04/2017    Comentar   Facebook
Fechar

Comentar

Aprovadas por conselho, contas do Cruzeiro têm prejuízo de R$ 29,3 milhões em 2016

Capa

Pelo sexto ano seguido, o Cruzeiro registrou prejuízo em suas contas. De acordo com balanço aprovado pelo conselho deliberativo do clube nesta terça-feira, a Raposa teve um déficit de R$ 29,3 milhões em 2016.

A arrecadação total celeste no ano passado foi de R$ 238.359.658,38. Já as despesas alcançaram o valor de R$ 267.677.401,34. O prejuízo de 2016 é maior do que o registrado em 2015, quando o Cruzeiro ficou no vermelho em R$ 25.790.012,48.

Em comparação com as receitas de 2015 (R$ 343.896.144,07), a arrecadação registrada no ano passado é inferior, enquanto as despesas aumentaram (R$ 228.963.175,46 na temporada de 2015). A última vez que o clube teve lucro anual foi em 2010 (R$ 1,1 milhão).

Assim como nos últimos anos, a maior fonte de receita do Cruzeiro veio da TV, com a venda dos direitos de transmissão dos jogos da equipe. No entanto, no balanço, o valor (R$ 130,9 milhões) está somado ao item ‘publicidades’. Na segunda posição de arrecadação estão bilheterias/premiação (R$ 31.383.059,86).

Na sequência vêm direitos econômicos/cessão temporária (R$ 28.465.517,97), patrocínios/royalties (R$ 26.792.412,23) e outras receitas (R$ 4.862.832,14).

Dentro das despesas celestes, o principal valor se refere à folha salarial: R$ 149,2 milhões. Se em comparação com 2015 as receitas caíram e os gastos aumentaram, pelo menos em relação ao pagamento de salários o Cruzeiro apresentou redução: em 2015 foram R$ 178,5 milhões despendidos com a folha do clube.

Itatiaia